Câncer de Pâncreas

O pâncreas é um órgão localizado atrás do estômago, com cerca de 15 centímetros de comprimento e 4 centímetros de largura. 

No pâncreas, são encontrados dois tipos principais de células. As exócrinas, que formam glândulas e ductos exócrinos, produzem as enzimas pancreáticas, que auxiliam na digestão dos alimentos; e as endócrinas, que são responsáveis por hormônios importantes, como a insulina ou o glucagon.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), os tumores de pâncreas mais comuns são do tipo adenocarcinoma, que se origina no tecido glandular, correspondendo a 90% dos casos diagnosticados.

O câncer de pâncreas em geral é bastante agressivo e não apresenta sintomas em sua fase inicial. Por este motivo, o diagnóstico costuma ser tardio, já com a doença em estágio bastante avançado. Quando se disseminam para o peritônio, por exemplo, não há indicação cirúrgica, mas apenas tratamento paliativo.

Esta dificuldade de detecção faz com que a doença apresente alta taxa de mortalidade. 

A incidência é mais significativa entre homens com mais de 60 anos. Há, no entanto, casos diagnosticados mais cedo, a partir dos 40 anos, mas muito raros antes dos 30 anos.

(11) 3045-3797 / (11) 2589-0382

Seg à Sexta das 8h às 18h

Av. Santo Amaro, 1149 cjs. 33/34 
Vila Nova Conceição | São Paulo-SP

  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • LinkedIn ícone social

Copyright © 2020 Dr. Arnaldo Urbano Ruiz